URGENT

ENQUADRAMENTO
Na Europa de hoje, estão a ser atingidos níveis alarmantes de fragmentação urbana, desigualdade e divisões sócio-espaciais estruturais dentro das nossas cidades que estão a alimentar extremismos e comportamentos radicais. À população mais vulnerável não é dada, muitas vezes, outra alternativa que de se concentrar em zonas desfavorecidas ou em bairros onde a exclusão social e a privação geralmente se sobrepõem ao elevado nível de diversidade cultural, linguística e étnica, colocando desafios significativos à coesão social tendencialmente fraca. Sistematicamente marginalizadas e estigmatizadas, estas áreas e os seus habitantes são empurrados para um círculo vicioso de pobreza.
Novas fronteiras físicas e simbólicas surgem nas cidades europeias com o crescimento da xenofobia, da intolerância e das discriminações antes mesmo da sua edificação nas fronteiras internas e externas. Através de uma abordagem bottom-up visando a promoção à escala da cidade e a nível local
de ações de sensibilização sobre a necessidade urgente de estabelecimento de novas ligações interculturais entre os residentes marginalizados dos bairros e das áreas multiétnicas e a população de áreas centrais, o projeto URGENT visa combater o medo crescente para com a imigração e com isso superar os estereótipos enganosos que alimentam o eurocepticismo e minam a frágil coesão europeia.
Objectivos
Os principais objectivos deste projecto são:
• criar espaços de debate e de aprendizagem mútua entre os cidadãos dos diferentes contextos socioculturais e de diferentes países da Europa;
• favorecer uma cidadania activa e co-criação de políticas e serviços em sociedades locais, particularmente para os cidadãos, muitas vezes excluídos dos processos de tomada de decisão;
• melhorar a capacidade das instituições locais de serem “multiplicadores” no seio das suas próprias comunidades, a fim de envolver uma ampla gama de actores locais e as diversas partes interessadas;
• dar um novo impulso ao processo de alargamento da UE, contribuindo para a estabelecimento de uma rede temática de longa duração de cidades que estão fortemente ativa e comprometidas como actores-chave na Europa.

Atividades

Actividades de cooperação a nível europeu e em cada país participante envolvendo os destinatários directos das acções programadas.

PROGRAMA

Europa para os Cidadãos

ENTIDADE PROMOTORA

ALDA – ASSOCIAÇÃO EUROPEIA PARA ADEMOCRACIA LOCAL

PARCERIA EUROPEIA

  • Local Democracy Agency Mostar, Mostar, Bosnia and Herzegovina
  • Shoqata e Komunave te Shqiperise, Tirana, Albania
  • SPES – Associazione Promozione e Solidarietà, Roma, Italy
  • Local Councils’ Association, Marsa, Malta
  • Fundación Privada Indera, Barcelona, Spain
  • Municipality of Kumanovo, Kumanovo, Republic of Macedonia
  • European Grouping of Territorial Cooperation Amphictyony, Athens, Greece
  • Kallipolis, Trieste, Italy
  • Rede DLBC Lisboa, Lisbon, Portugal
  • City of Strasbourg, Strasbourg, France

ENTIDADE PARCEIRA EM PORTUGAL

Rede DLBC Lisboa

PARCERIA LISBOA

Entidade interlocutora

Caixa de Mitos-Agência para a Inovação Social

Núcleo Coordenador

ACI – Centro Interculturacidade

Caixa de Mitos-Agência para a Inovação Social

Câmara Municipal de Lisboa

CEPAC – Centro Padre Correia

CPR – Conselho Português

Cruz vermelha Portuguesa

Rede URGENT: PROSAUDESC; ALCC ; EPAR; CULTURFACE; UDDIN; FUNDAÇÃO AGA KHAN; K´CIDADE; REDE PARA A IGUALDADE DE HOMENS E MULHERES

Migrantes e refugiados

PLANO DE AÇÃO URGENT

ESTADO DA ARTE

Definir o quadro estatístico e legal assim como os pontos críticos sobre os quais importará agir

ABORDAGEM LOCAL

Adquirir e sistematizar conhecimentos específicos da realidade social numa área urbana delimitada

PLANEAMENTO PARTICIPADO

Desenhar uma ação local concreta e exequível de forma colaborativa e participada

AÇÃO LOCAL

Implementar o plano da ação local programada com a participação ativa da população local.

 

MANIFESTO

Elaborar um Manifesto da Cidade sobre inclusão e direitos dos novos residentes

 

ENCONTROS EUROPEUS

Estrasburgo, Veneza, Mostar, Antenas.