Terceira fase do projecto SPOTS assenta em workshops de co-criação

A Associação Bairros que dinamiza o SPOTS, projecto europeu que é financiado pelo ERASMUS+ na Area – Chave das parcerias estratégicas (KA2), pretende envolver os associados da Rede DLBC Lisboa em três Workshops de co-criação que constituem a terceira fase de um projecto cuja por finalidade é capacitar organizações do terceiro sector para a sustentibilidade dos seus projectos.

Mourad Ghanen, Associação Bairros

A iniciativa que foi apresentada no final da última Assembleia Geral e cujos convites para uuma participação alargada irão ser lançados brevemente visa a realização de uma sequência de workshops para apoiar a Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL), as candidaturas realizadas no âmbito do FEDER e FSE para a Assistência Técnica e o Plano de Actividades da REDE DLBC Lisboa.

Os workshops mencionados terão como intuito:

  • Facilitar e co-criar espaços de comunicação, colaboração e desenho aos eixos de intervenções já definidos no âmbito do SPOTS;
  • Iniciar uma nova mobilização interna e um estruturamento, planificação de actividades e procedimentos a desenvolver para os programas de financiamento da rede dlbc Lisboa;

O QUE É O SPOTS?

O SPOTS (Sustainable Projects for Organizations of the Third Sector) é um projeto de investigação-ação que tem como objetivo investigar a realidade do financiamento do Terceiro Sector, possibilitar a comunicação entre financiadores e financiados e facilitar espaços de co-criação para o desenho de programas de financiamento sustentáveis com todos os intervenientes relevantes. O projeto decorre em 4 países (Reino Unido, França, Argélia e Portugal). Em Portugal o SPOTS é implementado na área da Grande Lisboa.

O projecto é desenvolvido em três fases:

  • Diagnóstico com identificação das dificuldades e constrangimentos existentes no financiamento do sector;
  • Facilitação da comunicação entre financiadores e financiados para a produção de recomendações para potenciais soluções;
  • Facilitação para o aprofundamento do diálogo entre entidades que financiam e entidades que beneficiam de financiamento para transformar algumas recomendações e oportunidades identificadas em soluções e criação de ferramentas de co-criação e capacitação para processos participados.

Em Lisboa tomámos o intuito de vos propor momentos interativos, práticos e frutíferos através da articulação estratégica dos workshops com processos e projetos em curso das entidades associadas da Rede DLBC e financiamentos negociados para a implementação da última fase do SPOTS.

A REDE DLBC LISBOA E O SPOTS

A Rede DLBC Lisboa tem como missão o desenvolvimento de uma estratégia local de base comunitária na área de Lisboa e engloba 150 entidades atualmente. Muitas das entidades caracterizam-se por serem micro-entidades e concorrem a financiamentos para o Terceiro Sector, sendo estas entidades aquelas a quem o SPOTS quer apresentar resultados que apoiem a sua atuação e suportem um ecossistema que proporcione respostas adaptadas.

O paradigma neste momento é que a Rede DLBC Lisboa ocupa o espaço de interseção mútuo das três esferas de intervenientes que servem ao modelo de representação das entidades participantes no projeto SPOTS.

Acresce que a Rede tem na sua agenda de médio prazo o desafio de mobilizar internamente os seus sócios e de desenvolver capacidades para funcionar de forma concomitante nos 3 “papéis” seguintes: entidade que “recebe” financiamento, entidade que atribui financiamento (com implementação de um programa, avaliadores externos e concursos internos para prestação de serviços) e como entidade de capacitação (assistência técnica e ecossistema de apoio a projetos e advocacia).

A escolha estratégica da Rede DLBC como “terreno” de implementação dos workshops da fase III do projeto e a concordância da Direção, pelas agendas estratégicas compatíveis e sinérgicas para esta intervenção proporciona o momento certo para concretizar este processo de facilitação e co-criação no período entre Abril e Junho de 2017.

 

OBJECTIVO GERAL

Criar um espaço de diálogo e de co-desenho de soluções para o financiamento do 3º sector e de desenvolvimento de um ecossistema que favoreça e apoie as organizações do Terceiro Sector à sua capacitação e participação em processos de decisão e advocacia na área da Grande Lisboa.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Contribuir para a concretização de algumas recomendações da Fase II
  • Acompanhar processos reais em curso no terreno da investigação ação

PARTICIPANTES

O micro-ecossistema / mínimo de actores mobilizado para o ciclo de workshops é composto pelo ecossistema dos associados e entidades financiadores para o desenvolvimento local de base comunitária

Este ecossistema vai dos decisores até aos beneficiários, passando pelos operadores intermediário dos fundos: Secretaria de Estado, institutos e agências públicas que gerem a aplicação dos fundos, como a Segurança Social para o FSE (2 agentes) por um lado, e CCDR-LVT para o FEDER do outro, incluímos aqui por extenção a parceria objectiva da CML através do novo programa BIP ZIP, e por suposto os corpos sociais e os sócios da rede dlbc Lisboa.

O macro-ecossistema / máximo de actores mobilizado para o ciclo de workshops é composto pelo ecossistema identificado anteriormente com a participação adicional das entidades financiadores e financiadas que participaram desde o inicio do projecto SPOTS para contribuírem para o desenho e concretização da EDL.

 

PROGRAMA DE ATIVIDADES

Encontro entre financiadores e financiados

Desenvolvimento de um espaço de diálogo e de co-desenho de soluções para o financiamento da Rede DLBC e articulação com os restantes programas de financiamento do 3º sector para a área da Grande Lisboa e respostas para o apoio e participação a ecossistemas de desenvolvimento local urbano.

W1 (26 de Abril, 14h às 18h) – Animação territorial, diálogo e co-desenho de soluções para uma estratégia de desenvolvimento local

W2 (9 de Maio, 14h às 18h) – Organização dos ecossistemas de desenvolvimento local urbano e articulação de fontes de financiamento e respostas

W3 (24 de Maio, 14h às 18h) – Capacitação das entidades, articulação de metodologias e ferramentas do ecossistema e avaliação e medição de resultados e impacto no território

ENTIDADES PARCEIRAS DO CICLO DE WORKSHOPS

 

Nota: Estes workshops vão ser espaços técnicos dedicados a elaboração de soluções para concretização das recomendações do processo fase I > fase II e de apoio ao desenho da estratégia de desenvolvimento local da Rede DLBC.

Faça o primeiro comentário a "Terceira fase do projecto SPOTS assenta em workshops de co-criação"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*